• Dina Fonseca

TENS ESCUTADO OS CONVITES QUE A VIDA TE TRAZ?

Há um espaço frágil subjacente a todas as coisas que vivem entre o mundo terreno e espiritual.

Nesse espaço reside a força da união e da separação.


Com qual escolhes mais te conectar?


Em cada espaço sagrado que ancoro, vejo o véu à minha frente, translúcido.

Que me convida a trespassar a viagem com amor ou medo.

A voz sábia chama, alertando para as pedras que residem no caminho errante.

O ego tende a escolher o caminho óbvio.

Já a Alma revela-se inocente, aventureira.



A vida quer-se pulsante, viva!

Com cores várias, ora perfeitamente alinhadas ora esborratadas sem nó nem piedade.

Não importa se erraste ou acertaste.

Importa se escolheste viver ou ficar à beira da ti mesma, nessa estrada escura e apertada.


Quem te disse que a vida é um jogo a ser ganho?


Nas paredes internas do meu silêncio, consigo escutar o Grande Mistério.

Esse que sempre fala, guia, inspira e encoraja.

O que nasce do coração, não tem como falhar.


Há muito mais para além daquilo que a tua mente consegue imaginar.

A chave que procuras para essa porta de entrada, chama-se inocência.

Só ela tem a capacidade de curar os resquícios que rasgaram o teu peito no passado.

Um olhar inocente manifesta amor em todos os lugares que passa.


A vida é sábia, sabes?

Tem coragem de atravessar cada convite que ela te traz.


Recebe um enorme abraço.

- tanto na matéria como no subtil.

34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo